Informação sobre

Manifestar interesse Pedir contacto
  • Área de Formação

    Produção Agrícola e Animal

  • Conteúdos Programáticos

    Aliáceas e asparagáceas
    Importância económica e regiões de maior produção
    Principais países produtores e consumidores
    Botânica e fisiologia das plantas
    Agro-ecossistema das aliáceas e asparagáceas
    Características das culturas e variedades utilizadas
    Exigências edafoclimáticas
    Solo - textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
    Clima - temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
    Água - água para rega; conservação da água; zonas sensíveis e vulneráveis
    Instalação da cultura
    Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo, no solo e sem solo
    Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
    Épocas de sementeira e escolha do local
    Rotações, sucessões e afolhamentos
    Colheita de amostras para análise
    Instalação do sistema de forçagem e rega
    Rega e drenagem – Necessidades, técnicas, equipamentos, programação
    Preparação e manutenção do solo – estratégias de conservação, processos de mobilização, máquinas de mobilização
    Fertilização – seleção de fertilizantes, aplicação e máquinas de distribuição
    Sementeira/plantação/transplantação – densidades, máquinas de sementeira/plantação
    Instalação do sistema de tutoragem
    Sistema de propagação
    Condicionamento ambiental dos abrigos
    Manutenção e condução da cultura
    Cuidados pós-plantação
    Rega e fertirrigação
    Técnicas culturais
    Pragas das Aliáceas e Asparagáceas: afídeos (lagartas, mosca, nóctuas, traça e tripes)
    Sistemática e morfologia
    Bioecologia
    Estragos e prejuízos
    Estratégia de proteção – monitorização
    Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
    Meios de luta - luta cultural (rotações e outras práticas culturais); luta biológica (inimigos naturais); luta química (considerações em relação às precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais); outros meios de luta
    Fauna Auxiliar
    Características identificativas dos grupos mais importantes, métodos de quantificação, utilização de auxiliares
    Seleção dos produtos fitofarmacêuticos (eficácia e características toxicológicas) e efeitos secundários (resistência, toxicidade para: Homem, auxiliares e outros organismos, nomeadamente abelhas, aves, fauna selvagem e organismos aquáticos)
    Preservação e incremento da fauna auxiliar e medidas que fomentem a biodiversidade
    Condições favoráveis à criação de auxiliares
    Doenças (sintomatologia; biologia e epidemiologia; breves noções sobre métodos de detecção; importância dos estragos e prejuízos) – micoses, bacterioses
    Estratégia de proteção – condições favoráveis à doença e meios de luta
    Doenças não parasitárias – acidentes fisiológicos e carências
    Infestantes
    Principais infestantes das aliáceas e asparagáceas e aspetos da biologia e propagação
    Sistemas de manutenção do solo e seu reflexo no controlo de infestantes
    Estratégias no combate às infestantes – luta química e outros
    Aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    Seleção de equipamento e de EPI
    Boa Prática Agrícola na aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    Caderno de campo da cultura de acompanhamento e registo das práticas culturais e pragas, fauna auxiliar, doenças e infestantes a nível da parcela
    Colheita, normalização, embalagem e conservação
    Qualidade, controlo, certificação e rotulagem
    Boas práticas de higiene e segurança no trabalho agrícola
    Fabáceas
    Importância económica e regiões de maior produção
    Principais países produtores e consumidores
    Botânica e fisiologia das plantas
    Agro-ecossistema das fabáceas
    Características das culturas e variedades utilizadas
    Exigências edafoclimáticas
    Solo - textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
    Clima - temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
    Água - água para rega; conservação da água; zonas sensíveis e vulneráveis
    Instalação da cultura
    Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo, no solo e sem solo
    Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
    Épocas de sementeira e escolha do local
    Rotações, sucessões e afolhamentos
    Instalação do sistema de forçagem e rega
    Rega e drenagem – necessidades, técnicas, equipamentos, programação
    Instalação da cultura
    Preparação e manutenção do solo – estratégias de conservação, processos de mobilização, máquinas de mobilização
    Fertilização – seleção de fertilizantes, aplicação e máquinas de distribuição
    Sementeira/plantação/transplantação – densidades, máquinas de sementeira/plantação
    Instalação do sistema de tutoragem
    Sistema de propagação
    Condicionamento ambiental dos abrigos
    Manutenção e condução da cultura
    Cuidados pós-plantação
    Rega e fertirrigação
    Técnicas culturais
    As pragas das fabáceas (ácaros, afídeos, alfinetes, carneiros, cucurlionídeos, lagarta da folha, larvas mineiras, lepidópetos, mosca branca, mosca, nemátodos, nóctuas, ratos e tripes)
    Sistemática e morfologia
    Bioecologia
    Estragos e prejuízos
    Estratégia de proteção – monitorização
    Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
    Meios de luta - luta cultural (rotações e outras práticas culturais); luta biológica (inimigos naturais); luta química (considerações em relação às precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais); outros meios de luta
    Fauna Auxiliar
    Características identificativas dos grupos mais importantes, métodos de quantificação, utilização de auxiliares
    Seleção dos produtos fitofarmacêuticos (eficácia e características toxicológicas) e efeitos secundários (resistência, toxicidade para: Homem, auxiliares e outros organismos, nomeadamente abelhas, aves, fauna selvagem e organismos aquáticos)
    Preservação e incremento da fauna auxiliar e medidas que fomentem a biodiversidade
    Condições favoráveis à criação de auxiliares
    Doenças (sintomatologia; biologia e epidemiologia; breves noções sobre métodos de detecção; importância dos estragos e prejuízos) – micoses, bacterioses, viroses
    Estratégia de proteção – condições favoráveis à doença e meios de luta
    Doenças não parasitárias – acidentes fisiológicos e carências
    Infestantes
    Principais infestantes das fabáceas e aspetos da biologia e propagação
    Sistemas de manutenção do solo e seu reflexo no controlo de infestantes
    Estratégias no combate às infestantes – luta química e outros
    Aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    Seleção de equipamento e de EPI
    Boa Prática Agrícola na aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    Caderno de campo da cultura de acompanhamento e registo das práticas culturais e pragas, fauna auxiliar, doenças e infestantes a nível da parcela
    Colheita, normalização, embalagem e conservação
    Qualidade, controlo, certificação e rotulagem
    Boas práticas de higiene e segurança no trabalho agrícola
    Fabáceas
    Importância económica e regiões de maior produção
    Principais países produtores e consumidores
    Botânica e fisiologia das plantas
    Agro-ecossistema das fabáceas
    Características das culturas e variedades utilizadas
    Exigências edafoclimáticas
    Solo - textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
    Clima - temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
    Água - água para rega; conservação da água; zonas sensíveis e vulneráveis
    Instalação da cultura
    Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo, no solo e sem solo
    Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
    Épocas de sementeira e escolha do local
    Rotações, sucessões e afolhamentos
    Instalação do sistema de forçagem e rega
    Rega e drenagem – necessidades, técnicas, equipamentos, programação
    Instalação da cultura
    Preparação e manutenção do solo – estratégias de conservação, processos de mobilização, máquinas de mobilização
    Fertilização – seleção de fertilizantes, aplicação e máquinas de distribuição
    Sementeira/plantação/transplantação – densidades, máquinas de sementeira/plantação
    Instalação do sistema de tutoragem
    Sistema de propagação
    Condicionamento ambiental dos abrigos
    Manutenção e condução da cultura
    Cuidados pós-plantação
    Rega e fertirrigação
    Técnicas culturais
    As pragas das fabáceas (ácaros, afídeos, alfinetes, carneiros, cucurlionídeos, lagarta da folha, larvas mineiras, lepidópetos, mosca branca, mosca, nemátodos, nóctuas, ratos e tripes)
    Sistemática e morfologia
    Bioecologia
    Estragos e prejuízos
    Estratégia de proteção – monitorização
    Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
    Meios de luta - luta cultural (rotações e outras práticas culturais); luta biológica (inimigos naturais); luta química (considerações em relação às precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais); outros meios de luta
    Fauna Auxiliar

Manifestar interesse Pedir contacto